Fluoxetina e via analgésica descendente




A via analgésica descente é uma das vias responsáveis pela analgesia no nosso organismo. Suas sinapses são principalmente dependentes de serotonina, noradrenalina e opioides. Por isso antidepressivos e opioides podem estimular a via analgésica descendente, levando à melhora da dor.⁣

Algumas experiências mostraram que as sinapses mais prevalentes nessa via são as de serotonina. ⁣

Pensando nisso, a indústria farmacêutica buscava na década de 70 um fármaco que estimulasse as sinapses de serotonina, objetivando ampliar de forma seletiva o funcionamento dessa importante via analgésica. ⁣

Foi assim criada a fluoxetina, com o objetivo de ser amplamente usada para o controle de dor. O que se viu no entanto é que seu efeito para dor é limitado e menor que outros antidepressivos que atuam em sinapses de serotonina + noradrenalina (como amitriptilina, duloxetina, venlafaxina).⁣

Aparentemente o estímulo da maior proporção de sinapses de serotonina não é tão eficaz para a dor quanto a combinação de estímulos.⁣

#opioide #anestesia #medicinadador #dor #vamosfalarsobredor #drfelipechiodini #tiposdedor #medicina #medicos #enfermeiro #enfermeira #enfermagem #enfermeiros #enfermeiras #psicologia #fisioterapia #fisioterapeuta #psicologo⁣⁣

© 2020 - Overall Agency